Os Plásticos

Os Plásticos

Plástico, tem seu nome originário do grego "plastikos" que significa - capaz de ser moldado, é um material de origem natural ou sintética, obtido a partir dos derivados de petróleo ou de fontes renováveis como a cana-de-açúcar ou o milho.

Os plásticos fazem parte da família dos polímeros que são formados por macromoléculas caracterizadas pela repetição múltipla de uma ou mais unidades químicas simples, os monômeros, sendo unidas entre si por reações químicas chamadas de reações de polimerização, como nos exemplos abaixo:

Imagem

    Estes materiais são divididos em duas grandes categorias, os termoplásticos e os termofixos. Os termoplásticos são aqueles que podem ser moldados várias vezes por ação de temperatura e pressão, por isso são recicláveis, já os termofixos sofrem reações químicas em sua moldagem as quais impedem uma nova fusão, portanto não são recicláveis.

Os materiais plásticos vêm sendo utilizados há muitos anos em substituição a diversos tipos de materiais como o aço, o vidro e a madeira devido às suas características de baixo peso, baixo custo, elevadas resistências mecânica e química, facilidade de aditivação e ainda por serem 100% recicláveis.

Os tipos de plásticos mais consumidos atualmente são os Polietilenos (PE), Polipropilenos (PP), Poliestirenos (PS), Policloretos de vinila (PVC) e os Poliésteres (PET), sendo chamados de commodities devido à grande produção e aplicação destes materiais.

Outros tipos de materiais plásticos são produzidos em menor escala devido ao seu alto custo e aplicações específicas e são chamados de plásticos de engenharia ou especialidades, são eles as Poliamidas (PA), os Policarbonatos (PC), os Poliuretanos, (PU, TPU, PUR), os Fluoropolímeros (PTFE), dentre outros.

As propriedades destes materiais dependem do tamanho, da composição, da estrutura química dentre outros fatores e estas propriedades se relacionam diretamente com suas aplicações, sendo assim, por exemplo, se um material possui resistência química, ele poderá ser utilizado em ambientes onde há exposição constante a algum produto químico ou semelhante, como é o caso do PE utilizado em embalagens para produtos químicos, produtos de limpeza como água sanitária, álcool etc, sem que seja atacado. Outro exemplo pode ser o PC que possui excelente resistência ao impacto e é um material transparente, sendo assim, é utilizado em escudos da polícia, lentes para óculos, telhas, faróis de veículos automotores, etc.

 

Voltar