Sinplast apresenta workshop a empresários alagoanos

    14/03/2013

    Os empresários do setor de transformação do plástico de Alagoas conheceram, no último dia 7 de março, no Auditório Industrial Antônio Cansanção, na Casa da Indústria Napoleão Barbosa, a proposta de Acordo Setorial para a implantação do Sistema de Logística Reversa para Embalagens Pós-Consumo de Produtos Não Perigosos.

    O documento foi apresentado no workshop para os empresários promovido pelo Sindicato da Indústria de Plástico e Tintas do Estado de Alagoas (Sinplast), com apoio da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea). Para falar sobre a proposta, o Sinplast convidou a assessora técnica da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) Simone Carvalho.

    “Estamos oferecendo uma alternativa coletiva que atende à política e inclui a participação econômica de cada um, sempre calculada sobre a quantidade de embalagens produzidas pelas empresas”, explicou a representante da Abiplast.

    O Acordo Setorial atende à Lei 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), e ao Decreto 7.404/2010, que a regulamentou. Preparada por uma Coalizão Empresarial formada por 23 entidades representativas no âmbito nacional, o parecer foi entregue ao Ministério do Meio Ambiente no dia 19 dezembro de 2012. A partir de então, se iniciou um trabalho de apresentação da proposta aos empresários do setor, a fim de conquistar o maior número possível de adesões. “É muito importante que todas as empresas participem, uma vez que elas estarão se adequando à legislação ambiental com o apoio e seguindo um padrão de todo o setor”, disse o presidente do Sinplast, industrial Wander Lobo.

    Para participar basta que a empresa interessada entre em contato com o Sinplast. “Os empresários receberam muito bem a proposta pelo seu caráter técnico-científico fundamentada em critérios matemáticos, proporcionando justiça no rateio das responsabilidades em função dos volumes em peso de embalagens que cada empresa coloca no mercado”, finaliza a assessora técnica Simone Carvalho. Acordo Setorial será implantado em duas fases.

    O Acordo Setorial para a implantação do Sistema de Logística Reversa para Embalagens Pós-Consumo de Produtos Não Perigosos está atualmente sendo analisado pelo Ministério do Meio Ambiente. Depois de aprovado, será feita audiência pública para efetivar o documento. Em sua primeira fase, o Acordo será implantado nas 12 cidades-sede da Copa de 2014 e entorno. Essas ações terão duração de três anos, com o compromisso do setor empresarial alocar recursos para triplicar o número de cooperativas de catadores nessas cidades e de instalar um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) em cada supermercado das regiões. Os recursos iniciais chegam a R$ 80 milhões na primeira fase. Já a segunda etapa consiste em viabilizar as ações nas demais cidades do País. A expectativa é que o Acordo Setorial seja assinado pelas indústrias fabricantes de embalagens no dia 5 de junho, Dia do Meio Ambiente.

     

    Imagem

    Presidente do Sinplast Wander Lôbo fala a relevância do workshop para os empresários alagoanos.

    Próximos Eventos

    WEBINAR PERSPECTIVA DO MERCADO DE RESINAS NO BRASIL

    02/12/2020 - ONLINE

    Saiba Mais

    © 2018 - ABIPLAST - Associação Brasileira da Indústria do Plástico - Todos os direitos reservados.