ABIPLAST participa da 8° Reunião do Conselho de Química e Plástico, no MDIC

    16/04/2014

    Na última semana a ABIPLAST esteve presente na 8° Reunião do Conselho de Química e Plástico, realizada na sede do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), em Brasília.

    A ABIPLAST indicou como propostas para serem defendidas no âmbito do Conselho a:

    • Isonomia do IPI na cadeia produtiva (resina e plástico).
    • Criação de identidade tributária para material plástico reciclado.
    • Apoio à execução de oficinais regionais para capturar as necessidades de capacitação de recursos humanos para o setor de transformados plásticos.

    Abaixo segue notícia divulgada no site do MDIC:

    Imagem

    Conselho de competitividade da indústria química realiza primeira reunião de 2014

    A primeira reunião do conselho de competitividade da indústria química em 2014 foi realizada esta semana no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), com a presença de representantes do governo, da indústria e dos trabalhadores. O objetivo foi discutir o andamento das agendas estratégica e estruturante do Plano Brasil Maior.

    Alguns assuntos estão concluídos como a desoneração do PIS/Cofins para a compra de matérias primas da primeira e segunda gerações petroquímica (Lei nº 12.859/2013) e outros estão em vias de finalização. Entre elas, a ATS de renováveis e a capacitação de recursos humanos para o setor de transformados plásticos.

    Outro destaque da agenda é o Estudo de Diversificação da Indústria Química, que está sendo conduzido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e deve ser concluído em agosto deste ano. O objetivo do levantamento é oferecer aos potenciais investidores, nacionais e internacionais, análises aprofundadas sobre os principais segmentos industriais do setor com potencial de crescimento.

    Um dos 19 conselhos de competitividade do Plano Brasil Maior, o da indústria química ainda tem como metas de curto prazo a definição de incentivos aos investimentos e à inovação, além de uma política de utilização para gás natural como matéria prima.

    Na agenda de médio prazo, os temas em discussão são: agenda tecnológica setorial – produtos de origem renovável; capacitação de recursos humanos; melhorias na infraestrutura; regulação para os defensivos agrícolas e o estudo sobre a diversificação da indústria química, que já está em andamento. Ainda foi discutida a inclusão de novas medidas para o Setor de transformados plásticos, que também faz parte do Conselho.
    Fonte: MDIC.

     

    Próximos Eventos

    37º Encontro Nacional do Plástico | Edição Online

    27/11/2020 - Online

    Saiba Mais

    © 2018 - ABIPLAST - Associação Brasileira da Indústria do Plástico - Todos os direitos reservados.