Setor plástico emprega menos no 1º semestre

    11/08/2014

    Pela primeira vez em quinze anos, a indústria de transformados plásticos reduziu a oferta de empregos no primeiro semestre, segundo levantamento da Abiplast (que representa o setor).

    O período costuma ter um grande volume de contratações, pois concentra a maior parte da produção de insumos plásticos que serão consumidos durante o ano.

    Houve uma redução de 158 vagas, das cerca de 360 mil que o setor movimenta -o terceiro que mais emprega na indústria de transformação, de acordo com o presidente da associação, José Ricardo Roriz Coelho.

    “Tivemos um segundo trimestre que reverteu as projeções de que poderíamos ter um ano bom.”

    Imagem

    Nos seis primeiros meses, foram produzidos 3,08 milhões de toneladas de transformados plásticos, uma retração de 1,9% em relação ao mesmo período de 2013.

    O consumo no país também apresentou redução: -0,7% no período.

    “Independentemente da queda na demanda, tivemos aumento de importações. E as exportações não compensaram a retração do mercado interno”, acrescenta.

    Enquanto o volume embarcado foi 7,6% menor que o verificado no primeiro semestre de 2013, o desembarcado avançou 5,4%. “Não há nenhum fato novo que indique que as coisas melhorarão nos próximos meses, e o custo para se produzir no Brasil ainda é muito alto.”

    Próximos Eventos

    WEBINAR PERSPECTIVA DO MERCADO DE RESINAS NO BRASIL

    02/12/2020 - ONLINE

    Saiba Mais

    © 2018 - ABIPLAST - Associação Brasileira da Indústria do Plástico - Todos os direitos reservados.