LR Plast é primeira empresa da região a receber certificação verde

    19/11/2014

    A LR Plast, empresa piracicabana responsável pela reciclagem de plástico, recebeu certificação Senaplas (Selo Nacional de Plásticos Reciclados), que identifica e valoriza recicladoras que trabalham dentro de critérios socioambientais e econômicos previstos por lei.

    O certificado foi entregue pela Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico).

    A empresa é a primeira empresa do gênero na região a receber o selo verde, que tem validade de dois anos.

    Em 2012, o Brasil apresentava cerca de 815 empresas recicladoras formais, número baixo em relação ao mercado.

    O trabalho dentro da formalidade foi uma das características que concedeu a certificação à LR Plast e uma cartela de clientes de ponta, que incluem a americana Myers (que fabrica peças plásticas automobilísticas para a Fiat), a Ifco (alemã responsável pela fabricação de caixas agrícolas dobráveis) e a Novell (americana recentemente comprada por um grupo brasileiro, segunda maior do país voltada à produção de peças plásticas de todo o gênero, inclusive engradados para a Coca-Cola).

    Rafael Baghin, proprietário da LR Plast, destaca que a empresa é familiar e conta atualmente com apenas um funcionário.

    “Os clientes visitam a empresa e trazem novos clientes. Trabalhamos com a logística reversa: o cliente traz seu material reciclável, nós processamos e devolvemos o plástico limpo e triturado para que ele possa reciclá-lo”, contou.

    Ele iniciou a empresa há cinco anos, quando enxergou uma oportunidade a partir da necessidade de uma outra empresa.

    “Fui trabalhar com um amigo no ramo de reciclagem e não tinha quem moesse o plástico. A fábrica nasceu dos desenhos do meu pai, Laerte, que sempre atuou na área de projetos”, contou.

    Em cinco anos de atuação, a produção do processamento plástico da LR passou de 120 a 300 toneladas por mês.

    O empresário destaca a importância do selo verde para o setor como uma valorização das empresas que atuam dentro das normas estabelecidas, proporcionando maior credibilidade em relação aos clientes.

    Em contrapartida, quem busca esse tipo de empresa demonstra responsabilidade na contribuição com a Política Nacional de Resíduos Sólidos e evita a insegurança jurídica que os transformadores tem ao comprar de um reciclador que não cumpra os requisitos legais, pois terá um produto com origem e qualidade garantidas.

    Próximos Eventos

    WEBINAR PERSPECTIVA DO MERCADO DE RESINAS NO BRASIL

    02/12/2020 - ONLINE

    Saiba Mais

    © 2018 - ABIPLAST - Associação Brasileira da Indústria do Plástico - Todos os direitos reservados.