Cresce a presença das mulheres na indústria do plástico

    08/03/2016

    “O Dia Internacional da Mulher”, é comemorado anualmente no dia 8 de março. A data foi oficializada em 1977 pela Organização das Nações Unidas, e reflete todo um movimento contra a discriminação de gênero, igualdade de direitos e melhores condições de trabalho, desencadeado desde o final do século 19, na Europa e Estados Unidos.

    O primeiro Dia Nacional da Mulher foi celebrado em maio de 1908 nos Estados Unidos, quando cerca de 1.500 trabalhadoras aderiram a uma manifestação em prol da igualdade econômica e política no país. No ano seguinte, o Partido Socialista norte-americano estabeleceu 28 de fevereiro para a comemoração, com um protesto que reuniu mais de três mil pessoas no centro de Nova York. Em novembro de 1909, houve uma longa greve têxtil em prol de direitos iguais, que manteve quase 500 fábricas fechadas. Em 8 de março de 1917, 90 mil operárias manifestaram-se contra o Czar Nicolau II, as más condições de trabalho, a fome e a participação russa no conflito. Essa foi a data oficializada pela ONU.

    A Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) comemora a data, com números consistentes no que diz respeito a presença feminina na força de trabalho do setor. Desde 2006, são 30 mil vagas; e a taxa de participação das profissionais no total de empregos cresceu 15%. O número de trabalhadoras aumentou 4%, ante 1,5% dos homens.

     

    Imagem
    Equipe feminina da ABIPLAST.

     

    Analisando os dados, a assessora técnica da ABIPLAST e do SINDIPLAST, Simone Carvalho, que lecionou 14 anos no curso de plásticos na escola do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), lembra que, anos atrás, os homens eram a maioria dos alunos. “Agora, o cenário mudou. As estatísticas mostram que as mulheres estão cada vez mais presentes no mercado de transformados plásticos e também em outros setores da indústria. Um dos fatores que contribuíram para a crescente inserção feminina no mercado é o melhor nível de instrução. Só no segundo semestre de 2015, dos 128 alunos das 5 classes de formandos do curso Técnico em Plásticos do Senai, 49 eram mulheres, ou seja, 38%” – ressalta.

    A ABIPLAST parabeniza as mulheres e salienta sua importância no desenvolvimento, produção, gestão e inovação na indústria do plástico.

     

    Próximos Eventos

    WEBINAR PERSPECTIVA DO MERCADO DE RESINAS NO BRASIL

    02/12/2020 - ONLINE

    Saiba Mais

    © 2018 - ABIPLAST - Associação Brasileira da Indústria do Plástico - Todos os direitos reservados.