Orgulho de Pertencer | Artigo Termotécnica

    29/08/2017

    Orgulho de Pertencer | Artigo Termotécnica

    É motivo de muita honra comemorar os 56 anos da empresa em que trabalho e que faz parte da minha vida. Atuei em praticamente todas as áreas da Termotécnica e conheço de perto a realidade de cada setor. Estou certo de que essa rotina de aprendizado contribuiu para minha formação como gestor e me capacitou para que eu ocupasse o cargo que exerço hoje.

    A Termotécnica nasceu em agosto de 1961, período áureo do desenvolvimento de Joinville. Foi a época do boom da industrialização e de um crescimento expressivo da cidade, quando conquistamos o título de Manchester Catarinense.

    Grande parte da força industrial que se estabeleceu naquela época foi resultado de muito trabalho, coragem e empreendedorismo de nossos antepassados. Eles passaram por uma série de dificuldades e incertezas, mas, desbravadores, deixaram seu legado e muitos ensinamentos para as gerações futuras.

    Inovação e empreendedorismo são marcas registradas de Joinville. Nas décadas de 50, 60 e 70, nossas instituições de ensino se consagraram por formar mão de obra de ponta, atividade que era complementada dentro das empresas. Nossos profissionais eram – e continuam sendo – cobiçados por empresas em todo o país. A necessidade de mão de obra para atender à crescente industrialização daqueles tempos, também fez com que a cidade recebesse a influência de diversas regiões brasileiras. Profissionais de outros estados vinham em busca de oportunidades e se estabeleciam como migrantes, junto de suas famílias.

    Hoje, a cidade continua tendo uma indústria forte, mas também desponta como um polo nas áreas de tecnologia e de serviços. A Termotécnica, por meio de sua equipe de colaboradores desenvolve e realiza projetos importantes, fortalecendo também como seus princípios a inovação, o empreendedorismo e sustentabilidade.

    A empresa apresenta de forma transparente, desde 2012, em seu Relatório de Sustentabilidade sua estratégia sustentável. Dividida em três pilares: Perenidade dos Negócios, Valorização de Pessoas e Economia Circular, este último com destaque para o Programa Reciclar EPS, que, em 10 anos, com o apoio de 391 cooperativas e mais de 5 mil famílias envolvidas, deu um novo destino a mais de 35 mil toneladas de EPS (isopor®).

    Hoje é dia de comemorar os 56 anos da Termotécnica junto de toda equipe que faz isso acontecer. #orgulhodepertencer

    Albano Schmidt
    Presidente da Termotécnica

     

    Próximos Eventos

    WEBINAR PERSPECTIVA DO MERCADO DE RESINAS NO BRASIL

    02/12/2020 - ONLINE

    Saiba Mais

    © 2018 - ABIPLAST - Associação Brasileira da Indústria do Plástico - Todos os direitos reservados.